30 de Outubro

Autoestima ou satisfação pessoal? 

Reflexão do Dia

Quando sou motivado pelo meu orgulho – pela escravidão a mim mesmo – fico parcial ou totalmente cego às minhas responsabilidades e defeitos. Neste momento, a última coisa que preciso é de conforto. Em vez disso, preciso de um amigo compreensivo no Programa de Jogadores Anónimos – um amigo que, sem hesitação, cavará um buraco na parede que o meu ego construiu, para que a luz da razão possa voltar a brilhar através dela.

Será que tenho tempo para rever os meus progressos, para me controlar, numa base diária, tentando corrigir prontamente os meus erros?

Hoje eu peço:

Para que o grupo – ou apenas um amigo – seja honesto o suficiente para ver os meus sinais de recaída no meu orgulho, e corajoso o suficiente para falar sobre isso comigo. A minha autoestima tem estado esfomeada há tanto tempo, que com os meus primeiros sucessos no Programa de Jogadores Anónimos, pode inflacionar em grandes proporções a minha satisfação pessoal. Que uma visão independente de mim me mostre a visão correta de como estou a lidar com o triunfo da minha abstinência – com humilde gratidão ou orgulho.

Hoje vou lembrar-me:

Autoestima ou satisfação pessoal?