20 de Outubro

Não me torturar quando estiver em baixo

Reflexão do Dia

Antes de admitir a minha impotência em relação ao jogo, tinha tanta autoestima como um "zero à esquerda". Entrei em Jogadores Anónimos como um idiota que queria desesperadamente ser alguém. Em retrospetiva, a minha autoestima estava destroçada, aparentemente sem conserto. Gradualmente, o Programa estava a dar-me condições para adquirir uma noção crescente de autoestima. Comecei a aceitar-me, a perceber que não era tão mau como pensava.

Estou a aprender que a minha autoestima não depende da aprovação dos outros, mas sim de um verdadeiro "trabalho interior".

Hoje eu peço:

Quando me sentir deprimido e sem valor, que o meu Poder Superior e os meus amigos do Grupo me ajudem a perceber que, apesar de estar "em baixo" não fui "derrotado". Por mais doente que estivesse nos meus tempos de jogador, com a autoestima de um verme, sei que ainda tinha o poder de escolha - e escolho fazer algo por mim. Que esta boa escolha seja a base para reativar a minha autoestima.

Hoje vou lembrar-me:

Não me torturar quando estiver em baixo.