2 de Outubro

Viver e Deixar Viver

Reflexão do Dia

O ditado "Viver e Deixar Viver" condensa toda uma filosofia de vida. No início somos encorajados a viver de um modo pleno, rico e feliz – para cumprir o nosso destino com a alegria que advém de fazer tudo certo. De seguida, há um desafio maior e mais difícil: deixar viver. Isto significa aceitar o direito de todos viverem como quiserem, sem receberem críticas ou julgamentos da nossa parte. Este ditado nega a falta de respeito para com aqueles que não pensam como nós. Adverte-nos também contra o ressentimento, lembrando-nos que não devemos interpretar as atitudes dos outros como ataques intencionais contra nós.

Estou a tornar-me menos propenso a confundir a minha mente com as atitudes ou estilos de vida das outras pessoas?

Hoje eu peço:

Que eu viva a minha vida em toda a sua plenitude, entendendo que apenas procurar o prazer não significa encontrá-lo, e que a Graça de Deus está presente para ser partilhada. Que eu disfrute disso mesmo. Que eu possa aprender a não assumir a responsabilidade pelas decisões dos outros, porque seria o meu velho "eu" a tentar, novamente, atuar como "diretor executivo" da vida de outras pessoas.

Hoje vou lembrar-me:

Viver e Deixar Viver.