15 de Outubro

Uma mão pesada não é uma mão amiga

Reflexão do Dia

Muitas vezes, inadvertidamente, estabeleci padrões para os outros no Programa de Jogadores Anónimos. Pior do que isso, esperava que estes padrões fossem cumpridos. Por vezes, chego ao ponto de querer decidir sobre os progressos que outras pessoas devem ter nas suas recuperações e como as suas atitudes e ações deveriam mudar. Como seria de esperar, quando as coisas não funcionam como eu esperava, fico frustrado e até aborrecido ou com raiva. Pois, preciso aprender a deixar as suas vidas nas mãos de Deus. Tenho que aprender a não exigir nem esperar mudanças nos outros, concentrando-me apenas nas minhas próprias fraquezas. Finalmente, não posso esperar perfeição noutro ser humano, mais do que poderia esperar em mim mesmo.

Algum dia, poderei chegar à perfeição?

Hoje eu peço:

Que eu recue imediatamente se começar a tentar escalar um desses lugares altos: no meu "pódio", como se eu fosse um especialista em tudo; no meu palanque, como o líder que pretende mudar o mundo; no meu púlpito, como se fosse o mensageiro mais abençoado por Deus do que qualquer outro poderia ser; no cadeirão de juiz, como o grande detentor da lei. Que o meu Poder Superior me impeça de interferir com uma autoridade indevida e que me permita manter a minha humildade.

Hoje vou lembrar-me:

Uma mão pesada não é uma mão amiga.