2 de Agosto

Será que já alguém realmente me viu?

Reflexão do Dia

Quando me ponho a comparar a minha vida com a vida dos outros, já estou a escorregar para o turvo pântano da autopiedade. Por contraste, se eu sentir que o que estou a fazer está certo e é bom, não estarei tão dependente da admiração e da aprovação dos outros. O aplauso sabe bem e é bom, mas não é essencial para a minha satisfação interior. Estou no Programa dos Jogadores Anónimos para me livrar da autopiedade, não para lhe aumentar o poder de me destruir.

Estou a aprender como é que os outros lidaram com os seus problemas, para poder aplicar essas lições à minha própria vida?

Hoje eu peço:

Que Deus me conserve sempre consciente do ponto de onde parti e dos novos objetivos que fui encorajado a estabelecer. Que eu consiga parar de atuar em busca do aplauso do público, já que sou perfeitamente capaz de aplaudir e aprovar os meus atos, se sentir que o mereço. Peço ajuda para me tornar atraente por dentro, para que isso naturalmente transpareça, e não para me adornar por fora só para causar bom efeito. Estou cansado, Senhor, de figurinos e de maquilhagem, ajuda-me a ser eu próprio.

Hoje vou lembrar-me:

Será que já alguém realmente me viu?