6 de Junho

Amar é deixar viver

Reflexão do dia

Uma das coisas mais importantes que procuro e posso encontrar em Jogadores Anónimos é adaptar-me às coisas como elas são, e ser capaz de amar sem tentar interferir na vida de alguém ou controlá-la. Às vezes a aprendizagem é sofrida, mas a recompensa é a própria vida – completa e serena.

O Programa está a ajudar-me a ter uma forma saudável e razoável de pensar para poder lidar com as minhas relações interpessoais com amor e compreensão?

Hoje eu peço:

Posso respeitar aqueles que amo o suficiente para que tenham liberdade – evitando controlá-los, manuseá-los, envolvê-los em esquemas ou pagar-lhes para os tirar de problemas. Que eu os ame o suficiente para deixá-los livres para cometer os seus próprios erros e assumir a responsabilidade por eles. Que eu aprenda a deixá-los viver.

Hoje vou lembrar-me:

Amar é deixar viver.