21 de Junho

Sem elogios, vaidades ou agradecimentos exagerados

Reflexão do dia

A palavra "direta" é uma palavra-chave no Nono Passo. Infelizmente, por vezes, muitos de nós esperam que as reparações indiretas sejam suficientes, poupando-nos da dor e da suposta humilhação de procurar individualmente as pessoas e de lhes contar os nossos erros. Isto é uma fuga, e nunca nos dará a verdadeira sensação de acabar com os erros do passado. Isto mostra-nos que ainda estamos a tentar defender algo que não vale a pena, agarrando-nos a uma conduta que devemos abandonar. As razões mais comuns para não realizar reparações diretas são o orgulho e o medo.

À medida que faço reparações aos outros, percebo que estes benefícios verdadeiros e duradouros recairão sobre a minha própria pessoa?

Hoje eu peço:

Que eu fique certo de que, no final, serei eu a pessoa mais beneficiada, enquanto tento reparar os danos causados e vou ficando limpo. Mas que eu consiga evitar fazer reparações simplesmente para tirar vantagens pessoais – para ser perdoado, readmitido ou exibir o meu "novo eu". Ego insuflado e bajulação não fazem parte do verdadeiro "novo eu". Que Deus me livre desse oportunismo.

Hoje vou lembrar-me:

Sem elogios, vaidades ou agradecimentos exagerados.