17 de Junho

Primeiro preocupo-me, depois peço desculpas

Reflexão do dia

Assumir todas as consequências dos atos do nosso passado e, ao mesmo tempo, assumir a responsabilidade pelo bem-estar dos outros, é o verdadeiro espírito do Nono Passo. Se, por um lado, o pedido de desculpas pontual raramente será suficiente para fazer reparações a alguém que prejudicámos, por outro lado, uma verdadeira mudança de atitude pode fazer maravilhas para compensar os maus tratos passados. Se privarmos alguém de algo material, reconheceremos a dívida, pagando-lhe tão cedo quanto possível.

Esquecerei o meu orgulho e tomarei as primeiras decisões em busca da reconciliação?

Hoje eu peço:

Que o Poder Superior me mostre as melhores maneiras de "fazer reparações diretas". Às vezes, a mera admissão dos meus erros pode ser uma reparação para alguém, reduzindo o meu próprio fardo de culpa. Outras vezes, a restituição pode requerer alguma ideia criativa. Que eu esteja plenamente ciente de que não posso fazer o Nono Passo até desenvolver alguma preocupação genuína com os sentimentos dos outros, juntamente com as mudanças no meu comportamento.

Hoje vou lembrar-me:

Primeiro preocupo-me, depois peço desculpas.