16 de Janeiro

Completamente Dele, até ao meu ser completo 

 Reflexão do Dia

Quando chegámos a JA pela primeira vez, por iniciativa própria ou por pressão alheia, alguns de nós ficávamos enjoados ao ouvir o conceito de "rendição". Admitir a nossa derrota ia contra as crenças que alimentámos durante uma vida inteira. Ficámos agarrados à ideia de que na rendição não se deve nem pensar.

Passei realmente a acreditar que só através da última derrota serei capaz de dar o primeiro passo para a liberdade e para o meu fortalecimento? Ou ainda guardo reservas quanto ao princípio de "deixar as coisas andar e entregá-las na mão de Deus"?

Hoje eu peço:

Que eu de facto acredite que o caminho para a serenidade é o da minha completa rendição a um Poder Superior. Afinal, só com Ele eu posso ser completo, porque só Ele tem o poder de me tornar completo. Que eu me desfaça de quaisquer vontades de "aguentar" e de nunca admitir a derrota. Que eu deixe cair o lema antigo que me diz "render-me, nunca!", e perceba que basta esse orgulho para impedir a minha recuperação.

Hoje, vou lembrar-me:

Completamente Dele, até ao meu ser completo.