31 de Março

Ninguém é à prova de recaídas

Reflexão do Dia

A minha doença é diferente da maioria das outras doenças, porque a negação de que eu esteja sequer doente é o seu principal sintoma. Além disso, a minha doença carateriza-se, como muitas outras doenças incuráveis, por ter recaídas. No Programa dos Jogadores Anónimos, essas recaídas são consideradas "fugas". A única coisa de que tenho a certeza é de que só eu posso causar a minha própria recaída.

Lembro-me a cada minuto de que o pensamento vem antes da ação? Procuro evitar o "mau pensamento"?

Hoje eu peço:

Deus me dê o poder de resistir às tentações. Que eu reconheça que é só minha a responsabilidade de não resistir e de ter uma recaída. Que eu consiga prever com antecedência que estou a caminho de uma recaída ao culpar os outros e ao esquivar-me da minha responsabilidade, voltando a tornar-me uma pobre marioneta do mundo. O regresso às minhas velhas atitudes representa uma recaída - tanto quanto o ato de fazer uma aposta.

Hoje vou lembrar-me:

Ninguém é à prova de recaídas.