15 de Março

Entender os meus sentimentos

Reflexão do Dia

Houve dias, na minha recuperação, em que quase tudo parecia perdido e até mesmo sem qualquer esperança. Deixava-me ficar deprimido e com raiva. Percebo que não interessa o que eu pense ou como é que eu me sinto. O que conta é o que eu faço. Então, quando fico ansioso ou aborrecido, tento continuar a minha recuperação indo às reuniões, participando e trabalhando com outros membros no Programa de Jogadores Anónimos.

Se Deus parece distante, quem é que se afastou?

Hoje eu peço:

Que eu não fique imobilizado pela tristeza ou pela raiva, ao ponto de me desesperar. Que eu procure as raízes do desespero no meu emaranhado de emoções, que entenda esse emaranhado, que elimine os meus sentimentos de culpa e reconheça que eles fazem parte de mim. Só assim irei entender a engrenagem, irei agir e começarei a obter resultados. Que eu aprenda a usar a energia, gerada pela raiva, para fortalecer a minha vontade e atingir os meus objetivos.

Hoje vou lembrar-me:

Entender os meus sentimentos.