13 de Abril

Em vez de fazer pregações, eu irei aproximar-me dos outros 

Reflexão do Dia

Os jogadores compulsivos geralmente ficam influenciados pela ideia de que, se alguma vez se aproximarem do Programa dos Jogadores Anónimos — indo a uma reunião, ou conversando pessoalmente com quem já seja membro —, serão pressionados para aceitar algum tipo de fé ou de religião. Não se dão conta de que a fé nunca é imposta, no Programa, como condição para se tornarem membros. A libertação do jogo pode conseguir-se apenas com um mínimo dessa fé, facilmente aceitável. Porque a nossa conceção de um Poder Superior e de Deus — tal como o entendemos — permite que qualquer pessoa tenha uma escolha quase ilimitada de crença e de atitude espiritual.

Estou a fortalecer-me para compartilhar com os novos membros?

Hoje eu peço:

Que eu nunca afugente novos membros ou aqueles que estão a ponderar entrar nos Jogadores Anónimos, impondo-lhes a minha visão pessoal de um Poder Superior. Que cada um descubra a sua própria identidade espiritual. Que todos encontrem em si mesmos a conexão com um Ser maior ou com um Espírito universal, cujo poder seja maior do que o seu próprio poder pessoal. Que todos os dias eu cresça, tanto em tolerância quanto em espiritualidade.

Hoje, vou lembrar-me:

Em vez de fazer pregações, eu irei aproximar-me dos outros