12 de Abril

Somos todos filhos de Deus

Reflexão do Dia

Se tentarmos compreender, ao invés de querermos ser compreendidos, mais facilmente podemos assegurar a um novo membro que não temos qualquer desejo de o convencer de que só há uma maneira possível para adquirir a fé. Todos nós, não interessa a raça, o género, o credo, a cor da pele ou a herança genética, somos filhos de um Criador presente, com o qual podemos ter uma forma de relação simples e de fácil entendimento — no momento em que demonstrarmos essa disposição e em que tivermos a honestidade suficiente para o tentar fazer.

Sei a diferença entre solidariedade e empatia? Sou capaz de me colocar no lugar do recém-chegado?

Hoje eu peço:

Que eu tente amar toda a humanidade como os filhos de um Deus presente. Que eu respeite as diferentes formas pelas quais os seres humanos encontram e veneram um Poder Superior. Que eu nunca seja tão rígido que chegue ao ponto de desconsiderar os caminhos através dos quais outras pessoas chegam a Deus; que eu nunca seja tão insensível que use os membros do grupo como uma bandeira para defender as minhas crenças religiosas como se fossem únicas. Eu só posso conhecer aquilo que resulta para mim.

Hoje, vou lembrar-me:

Somos todos filhos de Deus.