6 de Fevereiro

Aprender a controlar o ego inchado 

Reflexão do Dia

Eu costumava ser um especialista na autoavaliação distorcida. Umas vezes, olhava apenas para as partes da minha vida que pareciam boas. Depois, exaltava quaisquer virtudes reais ou imaginárias que pudesse ter. A seguir, dava-me palmadinhas nas costas pelo grande trabalho que estava a fazer na Irmandade. Naturalmente, isso deu origem a um desejo de maiores "realizações" e de ainda maior aprovação. Não era esse o padrão da minha época de compulsão ativa? Entretanto, a diferença agora é que eu posso utilizar o melhor álibi do mundo — o álibi espiritual.

Justifico algumas ações voluntariosas e comportamentos sem nexo em nome dos "objetivos espirituais"?

Hoje eu peço:

Que o meu Ser Superior me ajude a perceber se ainda procuro atenção e aprovação a ponto de exagerar as minhas próprias virtudes e as minhas realizações dentro do Programa ou em qualquer outro sítio. Que eu tenha uma perspetiva realista sobre os meus pontos positivos, mesmo neste momento em que ainda estou a aprender a respeitar-me a mim mesmo.

Hoje, vou lembrar-me:

Aprender a controlar o ego inchado.