2 de Fevereiro

 Culpar os outros é jogar

Reflexão do Dia

Olhando para trás, dou-me conta de quanto tempo da minha vida foi gasto a mortificar- me com os erros dos outros. Com certeza, trazia-me satisfação pessoal, mas vejo agora quanto esse processo era na verdade perverso. Depois de tudo o que era dito e feito, o efeito em rede dessa preocupação com os chamados erros alheios permitia que eu vivesse "confortavelmente" inconsciente dos meus próprios defeitos.

Ainda aponto o dedo para os outros e dessa forma ignoro, enganando-me a mim mesmo, os meus próprios erros?

Hoje eu peço:

Que eu veja que a minha preocupação com os erros dos outros, é na verdade um mecanismo que me impede de olhar honestamente para os meus próprios erros, e abafa dessa forma o meu próprio ego imperfeito. Que eu ponha em causa as razões das minhas preocupações.

Hoje, vou lembrar-me:

Culpar os outros é jogar.