17 de Fevereiro

"Eu estou com raiva porque ..." 

Reflexão do Dia

Se eu ficar com raiva hoje, farei uma pausa e pensarei antes de dizer qualquer coisa, lembrando-me que a minha raiva pode voltar-se contra mim e piorar as minhas dificuldades. Tentarei lembrar-me, também, de que o silêncio na hora certa pode dar-me mais controlo sobre as situações de stress, coisa que as reações furiosas nunca poderão fazer. Nos momentos de tensão, vou lembrar-me de que não tenho poder algum sobre os outros e que somente Deus é todo-poderoso.

Aprendi que, sozinho, posso destruir a minha própria paz de espírito?

Hoje eu peço:

Que eu aprenda que posso escolher como lidar com a minha raiva — em silêncio ou como uma birra, uma fúria, uma luta, uma má tirada, um plano elaborado de "vingança" contra quem a causou, um olhar gelado, uma fria declaração de ódio — ou uma simples declaração objetiva: "Estou com raiva de ti porque ..." (usando 25 palavras, ou menos). Ou ainda, se for preciso, que eu transforme essa raiva em energia, fazendo uma caminhada, fazendo um pouco de desporto ou limpando a casa. Peço ao meu Ser Superior que me mostre maneiras apropriadas de lidar com a minha raiva.

Hoje, vou lembrar-me:

"Eu estou com raiva porque ..."