15 de Maio

Não estou sozinho

Reflexão do Dia

Recordando aqueles últimos e desesperados dias anteriores à minha entrada nos Jogadores Anónimos, lembro-me, acima de tudo, dos sentimentos de solidão e isolamento. Mesmo quando estava rodeado de pessoas, incluindo a minha própria família, era esmagadora a sensação de estar "sem ninguém". Mesmo quando tentava agir de forma sociável e punha a máscara da boa disposição, em geral o que sentia era raiva por não pertencer.

Alguma vez esquecerei a tristeza que é estar "sozinho numa multidão"?

Hoje eu peço:

Agradeço ao meu Poder Superior pela maior alegria que me aconteceu fora a minha abstinência de jogo: o sentimento de que já não estou só comigo mesmo. Que eu não suponha que a solidão vai desaparecer do dia para a noite. Que eu tenha a noção de que irá haver períodos solitários ao longo da minha recuperação, sobretudo porque tenho de me manter longe de antigos parceiros de jogo. Rezo para poder encontrar novos amigos que estão em recuperação. Agradeço ao Poder Superior pela Irmandade dos Jogadores Anónimos.

Hoje vou lembrar-me:

Não estou sozinho.