20 de Julho

Ouvir as palavras, não o orador

Reflexão do Dia

"É um privilégio de sabedoria saber ouvir", escreveu Olliver Wendell Holmes. Se eu me esforçar ao máximo para cultivar a arte de ouvir – sem críticas e sem fazer julgamentos prematuros – haverá grandes probabilidades de que eu progrida mais rapidamente na minha recuperação. Se eu fizer todos os esforços para ouvir os sentimentos e pensamentos expressos – em vez de simplesmente ouvir o "orador" – posso ser abençoado com uma ideia útil e inesperada. A qualidade essencial da boa audição é a humildade, que reflete a noção de que a voz de Deus fala mesmo através do mais inarticulado dos Seus filhos.

Será que a minha atitude, daquele que sabe sempre mais, às vezes fecha a minha mente às sugestões que outros partilham comigo?

Hoje eu peço:

Que o meu Poder Superior me impeça de ser o "sabe-tudo" perante aqueles que têm maneiras, linguagem, diferentes visões das minhas ou então uma aparente falta de conhecimento, fazendo-me não prestar atenção ao que dizem. Que eu possa sempre ouvir a voz de Deus, que pode ser ouvida através do discurso de qualquer um de nós.

Hoje vou lembrar-me:

Ouvir as palavras, não o orador.