29 de Novembro

Deus guia aqueles que se ajudam

Reflexão do Dia

Ao contrário do que alguns pensam, o ditado "Deixe as coisas acontecerem, deixe-as à mercê de Deus" não é um sinal de apatia, de uma atitude de derrota, ou de falta de vontade de assumir a responsabilidade. Aqueles que viram as costas aos seus problemas não estão a "deixar as coisas acontecerem, nem estão à mercê de Deus". De facto, estão a ignorar o seu compromisso de agir guiados pela inspiração e orientação de Deus. Essas pessoas não pedem e não esperam por ajuda; querem que Deus faça tudo por elas.

Enquanto procuro a orientação de Deus, sei realmente que a responsabilidade final é minha?

Hoje eu peço:

Que eu não me transforme numa pessoa preguiçosa simplesmente porque penso que, de qualquer forma, Deus irá fazer tudo. (Esta apatia lembra-me a velha pessoa impotente que eu era, alguém que lamentou que o mundo acabasse em fumaça, que a civilização caminhava para um pântano, e que nada poderia ser feito em relação a isso). Também não devo usar a frase "deixe à mercê de Deus" como desculpa para ignorar os meus problemas sem sequer tentar resolvê-los. Que Deus seja a minha inspiração e que eu seja o Seu instrumento.

Hoje vou lembrar-me:

Deus guia aqueles que se ajudam.